A campanha nacional de vacinação inicia no dia 30 de abril em todo o Brasil, mas em função do surto da gripe no país e a confirmação de dois óbitos no RS, em Cruz Alta e todas a cidades do estado a vacina será antecipada a partir do dia 25 de abril e se estenderá até o dia 20 de maio. A vacina será disponibilizada em todos os postos de saúde do município. 

Foram confirmados os primeiros dois óbitos neste ano por Influenza A (H1N1) no Rio Grande do Sul. Os dois são de Porto Alegre, com idades de 7 e 35 anos, do sexo masculino. Ao todo, já são sete casos confirmados da doença no Estado, localizados na Capital, Viamão e Canoas. O fato reforça as medidas que a Secretaria Estadual da Saúde (SES) já vinha planejando para o enfrentamento à gripe. Uma delas é a antecipação do início da campanha de vacinação para o dia 25 de abril.

Imagem: Reprodução

A gripe H1N1 é uma doença causada por uma alteração do vírus da gripe, que também é conhecida por gripe suína. Desde 2009 a doença vem preocupando a população de todo o mundo. Os sintomas da gripe são parecidos com o da gripe comum, uma vez que a transmissão ocorre por meio de secreções respiratórias, como tosse ou espirro. A infecção pode demorar de um a quatro dias para os sintomas começarem a agir.

Foto: Reprodução

O objetivo da vacinação é imunizar aproximadamente 80% da população cruzaltense. A prioridade a receber a vacina são grupo prioritário crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, trabalhadores da saúde, povos indígenas, pessoas com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas com prescrição médica que especifique o motivo da vacinação. Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional também receberão a vacina.

Fonte: Secretaria Estadual da Saúde – Assessoria de Imprensa/Pref. Mun. de Cruz Alta