transporteNa tarde desta quinta-feira (27), o governador Tarso Genro anunciou que está propondo o Passe Livre Estudantil intermunicipal para os estudantes do Transporte Metropolitano do Estado. O anúncio foi transmitido, via internet, na edição do seminário O Governo Escuta. O impacto do benefício irá gerar cerca de 200 mil passes livres/mês e um custo entre R$ 8 e 10 milhões ao ano para os cofres do Estado. a proposta será enviada como um projeto de lei em regime de urgência para a Assembleia Legislativa já na próxima semana. A intenção de Tarso é que a medida entre em vigor no dia 1º de agosto deste ano.
Confira as medidas anunciadas pelo governo:
Para estudantes:
-Passe Livre Estudantil
-Passe Livre para estudantes do Transporte Metropolitanos do RS. (Intermunicipal, visto que sistemas urbanos são regulados pelos municípios)
Regiões beneficiadas:
– Região Metropolitana de Porto Alegre; 
– Aglomeração Urbana do Litoral Norte; 
– Aglomeração Urbana Sul (Eixo Pelotas/Rio Grande); 
– Aglomeração Urbana Nordeste (Eixo Caxias/Bento);
Quem será beneficiado:
Estudantes beneficiados: Aqueles que residem em um município e estudam em outro, especialmente estudantes do ensino médio e universitário. 
Exemplo concreto: Estudantes da Ufrgs que moram em cidades da Região Metropolitana e tomam um transporte regulado pela Metroplan, terão passe livre.
Impacto: 
– Entre R$ 8 e 10 milhões ao ano. 
– 200 mil passes livres/mês.
Como: 
Através de projeto de lei a ser enviado em regime de urgência para a Assembleia Legislativa já na próxima semana.
Suspensão dos reajustes previstos:
Em 1º de julho deveriam ser aplicados reajustes na ordem de 5,88% ao sistema metropolitano. A partir da desoneração do PIS/Cofins e de esforço de convencimento do sistema (sem PIS/Cofins, teríamos que aplicar 1,74%. Metroplan está chamando setor para absorver este percentual, em busca do reajuste zero). Estamos solicitando à Agergs a devolução e arquivamento do processo de reajuste.
Fonte: NH