Os animais que conseguiram enfrentar a chuva e o frio da quinta e sexta-feira (20 e 21/6) na seletiva ao Freio de Ouro da cidade de Cruz Alta entraram em pista na manhã de hoje com um cenário diferente. O barro deu lugar a uma areia pesada, secada pelo sol e aumento de temperatura. Aos vinte conjuntos finalistas, diferencial foi adaptação, prova de funcionalidade do cavalo Crioulo e qualidade dos profissionais que o manejam.
A seletiva cruz-altense contou com a participação de 52 animais (25 fêmeas e 27 machos) credenciados anteriormente em várias seletivas em toda a região centro-norte do Rio Grande do Sul. Promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, o evento levou grande público ao Parque de Integração de Cruz Alta e garantiu vaga a oito animais na grande final da modalidade.
O troféu de ginete destaque entre os machos ficou com Daniel Teixeira, que montou três dos seis primeiros colocados. “É o resultado de um trabalho feito com o apoio de uma equipe bem montada. São vinte anos de trabalho, com o apoio da família e dos companheiros, conhecendo e aprendendo a respeitar os limites de cada cavalo e isso nos faz vencedores”, fala o ginete.
Os oito selecionados juntam-se agora à lista que levará os melhores 96 animais à Esteio/RS, entre os dias 22 e 25 de agosto. O ciclo da modalidade segue no próximo final de semana (28 a 30/6), na cidade catarinense de Chapecó. O Freio de Ouro tem patrocínio de Ipiranga, Massey Fergusson, Vivo, Banrisul, Chevrolet, além do apoio da Supra e a Nova Schin como bebida oficial.
Texto: Maysa Maciel/ABCCC
Fotos: Fagner Almeida/ABCCC
 
 
Veja os resultados:
 
 
Fêmeas
1º lugar
AS Malke Rancagua, filha de Mackenna Guindo e AS Malke Jóia Rara; criador Agropecuária Schwanck e expositor José Schutz Schwanck, Cabanha Malke, Uruguaiana/RS
Ginete: Gabriel Marty. Nota final:20,562
 
2º lugar
Fagulha do Espigão, filha de Santa Elba Señuelo e Faísca da Vila Velha; criador e expositor José Ademir Pereira, Cabanha Espigão, Canoinhas/SC
Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota final: 19,963
   
3º lugar
 Ricoleta de São Manoel, filha de Mackenna Guindo e Ibiza de São Manoel; criador Ricardo Alvarez, Cabanha Cola Crioula, Pantano Grande/RS
Ginete: Antonieto Rosa. Nota final: 18,604
  
4º lugar
  
Maragata dos Três Pinhais, filha de BT Harmônico e Sinuosa dos Três Pinhais; criador Vilson Aozane Bilibio e expositor Vilson Aozane Bilibio e Norberto Ullmann Filho, Cabanhas Três Pinhais e Sorsul, Ijuí e Horizontina/RS
Ginete: Rodrigo Nunes. Nota final: 18,440
  
Machos
  
1º lugar
Resplendor do Itapororó, filho de Macanudo do Itapororó e Espiga do Itapororó; criador Nestor M. Jardim Neto e Maria L. F. Jardim e expositor Guilherme Vasconcellos e Vicente Saldanha, Estâncias Santa Augusta e do Rosário, Rosário do Sul/RS
Ginete: Marcos Silveira. Nota final: 20,129
 
2º lugar
Capanegra Martin Fierro, filho de LS Balaqueiro e Capanegra Vespúcia; criador Fernando Dornelles Pons e expositor Damian Sierra e Mariano Oneto, Cabanha La Consentida/Ramallo, Argentina
Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota final: 19,487
 
3º lugar
Qüinchamalo do Infinito, filho de San Ignacio Martirio e Guadalupe do Infinito; criador Roberto Sidney Davis Junior e expositor Lucel Jussara e Carlos Ernesto Betiollo, Cabanha Beribá e Agropecuária Betiollo, Candiota/RS
Ginete: Felipe Braga Silveira de Ávila. Nota final: 19,264
 
4º lugar
Naipe do Infinito, filho de Cônsuelo do Infinito e Catanduva Hija; criador Roberto Sidney Davis Junior e expositor Cabanha Don Belarmino, Cabanha Don Belarmino, Turvo/SC
Ginete: Everton de Deus Valim. Nota final: 18,930

 

Confira as fotos:
Fonte Geral: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos – ABCCC