phpThumb_generated_thumbnailjpg
Foi sofrido. Foi suado. Foi difícil. A classificação do Juventude para as semifinais da Série D do Campeonato Brasileiro, e a consequente subida para a Série C em 2014, não deixou unhas nas mãos dos cerca de 18 mil torcedores que acompanharam o jogo no estádio Alfredo Jaconi, na tarde deste domingo (22), em Caxias do Sul. O empate em 0 a 0 com o Metropolitano, de Santa Catarina, garantiu a vaga via gol qualificado, pois o time alviverde da Serra havia empatado em 2 a 2 na semana passada, em Blumenau.
A partida inteira foi tensa. Jogando com o regulamento debaixo do braço, o Ju evitava cometer erros, fazendo um jogo seguro, não dando chances para os catarinenses criarem oportunidades na primeira etapa. No segundo tempo, o Metropolitano atacou com mais força, levando riscos à zaga do time da casa. Aos 32 minutos, o atacante Edmar quase acabou com o sonho da Papada ao driblar o goleiro do Juventude e chutar para o gol vazio. O gol só não saiu porque Chicão e Rafael deram, juntos, um carrinho salvador que impediu a bola de entrar.
O clube gaúcho, agora, espera o adversário nas semifinais, que deve sair do duelo entre o Mixto e o Aparecidense ou o Tupi, disputa que foi impugnada pelo STJD após o massagista do Aparecidense salvar o gol do Tupi que garantiria a classificação dos mineiros.
Fonte: JC