162Um incêndio de grandes proporções atinge o segundo andar do Mercado Público, em Porto Alegre. Sete caminhões do Corpo de Bombeiros se deslocaram para o local para conter as chamas, incluindo viaturas de outros municípios da região metropolitana. Os bombeiros tiveram dificuldades em conter as chamas que se alastrando rapidamente. O telhado foi totalmente destruído. Informações iniciais dizem que o térreo do prédio não chegou a ser atingido. De acordo com o secretário de segurança pública Airton Michels, 70% do prédio está preservado.
Fogo teria iniciado por volta das 20h30 desde sábado. Não há informações sobre feridos. A Brigada Militar isolou o local. Muita fumaça nas proximidades. O cheiro pode ser sentido em bairros mais distantes. Explosões ocorreram dentro do edifício, possivelmente por explosões de botijões de gás. Animais que estavam no térreo do prédio foram retirados.
Duas horas depois do início do incêndio, às 22h30, Comandante da Brigada Militar, coronel Fabio Fernandes, informou que restavam pequenos focos de incêndio, que a situação já está controlada. O trabalho noite adentro será de rescaldo.
A Rua Júlio de Castilhos, a Siqueira Campos e o Largo Glênio Peres foram bloqueadas pela Empresa Pública de Trânsito e Circulação (EPTC) para o trabalho dos bombeiros. No momento do início do sinistro, possivelmente não havia ninguém no local, que teria fechado ao público às 19h.
A Guarda Municipal vai reforçar a segurança no Mercado Público para evitar saques nesta noite e na madrugada e manhã de domingo.
Dificuldades
Os hidrantes que ficam no entorno do Mercado Público estariam apresentando problemas, pode ser falta d’água ou problema na instalação que não permitia a liberação da água para as mangueiras.
Dezenas de pessoas foram ao local para ver de perto a destruição do local histórico. Os bombeiros pedem que as pessoas não se dirijam ao local.
Autoridades
O prefeito José Fortunatti está no local e acompanha o trabalho dos bombeiros. ” É um símbolo da nossa cidade que está sendo destruído. É uma noite muito triste para todos nós”, declarou. O vice-governador Beto Grill também está no Mercado Público. “Com o fogo controlado, agora é hora de trabalhar no rescaldo. Vamos aguardar a conclusão da perícia que vai tentar buscar as causas do incêndio”, disse. 
O mercado público 
Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre, o Mercado Público foi inaugurado em 1869 para abrigar o comércio de abastecimento da cidade.  Em 1979 foi tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre. Ao longo de sua história, o Mercado Público sofreu três incêndios (1912, 1976 e 1979) e resistiu à grande enchente de 1941. Além de oferecer bons produtos, procurando praticar uma boa política de preços, o Mercado Público também atua como espaço para manifestações culturais e comunitárias.
O Mercado é referência cultural, política, social e econômica do Estado. Possui hoje 111 estabelecimentos, que oferecem produtos regionais, produtos naturais, especiarias e alguns itens que o porto-alegrense só encontra no Mercado Público Central.
Fonte: NH