15660146_l
Depois de três empares seguidos – dois pelo Brasileiro e um pela Copa do Brasil -, o Grêmio foi até a capital paulista para voltar a vencer e conquistar três pontos importantes. E foi o que aconteceu. O tricolor gaúcho conseguiu a retomada de bons resultados e venceu o São Paulo por 1 a 0. O goleiro Dida foi o destaque do jogo, realizando intervenções importantes e garantindo a vitória e assumindo a vice-liderança do campeonato.
O técnico Renato Portaluppi manteve o mesmo esquema do empate com o Corinthians, abandonando os três zagueiros e mantendo três atacantes. Com mais de 40 mil torcedores, o São Paulo começou pressionando. Aos dois minutos, Osvaldo cruzou, Bressan cortou parcialmente, e Luís Fabiano pegou a sobra e chutou forte. O camisa 1 gremista fez grande defesa. Em seguida, Jadson concluiu com perigo. Novamente o meia acionou Luis Fabiano que, na cara do gol, teve o ângulo fechado por Dida.
Uma das poucas chegadas gremistas na primeira etapa, aos 40, Kleber recebeu de Alex Telles, colocou na frente e chutou forte, e a bola subiu sobre o travessão. Dois minutos depois, a melhor chegada dos donos da casa. Wellington desceu em velocidade pela esquerda, tabelou com Ganso, concluiu com força. A bola bateu na rede pelo lado de fora.
O São Paulo seguiu melhor e criou três oportunidades na sequência no início do segundo tempo. Mas Dida frustrou o poderio ofensivo do ataque são-paulino. Depois de tanto pressionar e não conseguir marcar, o Grêmio chegou ao gol da vitória. Aos 23, Alex Telles cruzou com perfeição e Vargas apareceu no alto para cabecear com precisão, no canto direito de Rogério Ceni. O gol abalou a moral do São Paulo, que mesmo com algumas tentativas, não conseguiu evitar mais uma derrota em casa e o Grêmio voltou a vencer.
Fonte: JC