Há exatos 30 anos, no dia 11 de dezembro de 1983, às 12h no Japão, meia-noite de sábado para domingo no Brasil, o Grêmio conquistava o maior título de sua existência. Naquela tarde fria de Tóquio, no Estádio Nacional lotado com 60 mil torcedores, o Grêmio, então com 80 anos de existência, pintava a terra de azul com o título de Campeão do Mundo.

Contra a prepotência dos alemães do Hamburgo, campeões da Europa e base da seleção germânica, o Tricolor foi humilde e mostrou para o planeta que futebol se ganha dentro de campo, com muita garra, com muita entrega e com muito trabalho. Foi assim que aquele time de jovens, mesclado com a experiência de jogadores vencedores, escreveu seu nome para sempre na história do Clube.

Fonte: Grêmio FBPA