135279_gre
Grêmio enfrenta um Corinthians em crise hoje, às 21h50min, pelas quartas de final
A competição é outra, mas a ideia do técnico Renato Portaluppi é manter as boas atuações do Brasileirão e encaminhar um bom resultado no primeiro jogo diante do Corinthians, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Hoje, às 21h50min, o Tricolor encara um Timão em crise, sem vencer há seis jogos, tendo marcado apenas um gol.  
Na manhã de ontem, o grupo realizou o último trabalho antes do duelo. Ainda em Salvador, Renato comandou um recreativo no CT do Bahia. Em seguida, houve um treino específico de bola parada e cobranças de penalidade. O treinador não deu indicativo de qual equipe colocará em campo no Pacaembu, mas a tendência é que o gremista opte pelo mesmo time que começou a partida contra o Vitória, no último final de semana.
A única dúvida fica por conta do zagueiro Saimon, que, com uma indisposição estomacal, não participou do recreativo. Caso não tenha condições, Renato pode optar pelo jovem Rafael Thyere, chamado às pressas para substituir Gabriel, que sofreu uma contusão e só retorna aos gramados em 2014. Outra opção é mudar o esquema para o 4-4-2, com a entrada de Zé Roberto, algo pouco provável para as convicções do comandante tricolor.
“Gosto do 3-5-2, até porque os jogadores se adaptaram bem a ele. O Grêmio tem sua maneira de jogar. Dificilmente vou mudar, até porque está dando resultado”, antecipou Portaluppi na chegada da equipe no hotel em São Paulo.  Mesmo com o mau momento do adversário, Renato prevê um jogo muito difícil, afinal, é um outro torneio e as qualidades do Timão são muito bem observadas. “O Corinthians é campeão do mundo, tem uma grande torcida e o time estará focado nesta competição”, analisou.
Fonte: JC