Classificadas da fase local para a final da 35ª Coxilha Nativista – 29.7

185
Show de Abertura com Nilton Ferreira

Na noite da última quarta-feira (29.7) teve início a 35ª Coxilha Nativista de Cruz Alta, na primeira noite do festival, dez composições da fase local participaram das eliminatórias que definiram as quatro composições classificadas para a fase final.

O público que lotou o ginásio municipal, sob a apresentação de Zeca Amaral e Fátima Gimenez.

Inicialmente ocorreu uma homenagem a Antônio Augusto Sampaio da Silva (Baianinho), que em 1981 idealizou a primeira edição do festival. Em seguida, o Show de abertura foi com Nilton Ferreira, que antecedeu o início das apresentações. Logo após músicos e intérpretes apresentaram as dez composições da fase local que levantaram o público presente no Ginásio Municipal. Avaliadas pela comissão julgadora da 35ª Coxilha Nativista de Cruz Alta que é composta pelos músicos Rodrigo Bauer (São Borja), Marcelinho Carvalho (Cruz Alta), Jairo Lambari Fernandes (Cacequi), Ita Cunha (São Gabriel) e Régis Coradini (Cruz Alta).

Após as apresentações a Coxilha prestou uma homenagem ao instrumentista Arthur Bonilla. Depois foi a vez do cantor Walther Morais subir ao palco. Após o encerramento do show foram conhecidas as quatro músicas classificadas para a próxima fase do festival. Quem Vem Lá, Apego, Peão Gaudério e Coxilhas voltam ao palco no sábado para disputar a grande final da 35ª Coxilha Nativista.

 

Confira as quatro músicas classificadas:

Quem Vem Lá
Letra: Jorge Nicola Prado
Melodia: Kauê Diaz
Ritmo: Chamarrita
Intérprete: Leonardo Diaz Morales

Apego
Letra: Jorge Moreira
Melodia: Beto Barcelos
Ritmo: Chamamé
Intérprete: Beto Barcelos

Peão Gaudério
Letra, Melodia e Intérprete: Sergio Matias
Ritmo: Vaneira

Coxilhas
Letra: César Silveira
Melodia: Aquiles Dias e César Silveira
Ritmo: Canção
Intérprete: César Silveira

 

Fonte: Assessoria de Comunicação/Pref. Mun. de Cruz Alta.

Edição: Manka News