Combinação de resultados confirma a vaga da equipe de Cruz Alta no G-8.

acaf (2)

Mesmo sendo derrotada na noite deste sábado (21), a ACAF saiu de Teutônia comemorando. Isso porque os demais resultados da rodada configuraram os oito times classificados para os mata-matas do Estadual Série Prata. A equipe de Cruz Alta contou com a ajuda da ASIF, que superou a Lagoense em Ibirubá e eliminou da competição os visitantes. Na rodada final, o elenco do técnico Canca conhecerá o seu adversário nas quartas-de-final. A hipótese mais provável é a ASTF, que suou para superar a ACAF por 4 a 3 neste final de semana.
O time da casa abriu o placar aos 15 segundos da partida, quando Gugu tocou na bola com a mão dentro da área. Cristian converteu a cobrança de pênalti. O empate veio na metade da primeira etapa com Andy Rodrigues. Karoki, de longe, surpreendeu o goleiro Rafael Vargas e deixou a ASTF novamente em vantagem. Faltando dois minutos para o intervalo, a ACAF perdeu Sig, que foi expulso ao derrubar Cristian na entrada da área. A comissão técnica da equipe de Cruz Alta se revoltou com a arbitragem e o diretor de futsal Gustavo Bilibio também foi retirado de quadra. Mesmo com a desvantagem numérica, os áureo-cerúleos seguraram a pressão da ASTF até o apito final.
No retorno para a etapa complementar, a ACAF tratou logo de igualar o placar. Gugu interceptou a bola e colocou Andy cara a cara com o goleiro Bilica. O pivô mais uma vez não desperdiçou. Na sequência, a ASTF mais uma vez ficou na frente com Lingüiça. Insatisfeito com a derrota, Canca adiantou a marcação e a tática funcionou. Andy Rodrigues finalizou sem chances para Bilica e marcou o seu terceiro gol na partida. Mas a alegria da ACAF durou pouco. Poucos segundos depois, Biskui desempatou. A equipe de Teutônia perdeu a cabeça e dois jogadores foram expulsos: Karoki, por falta violenta, e Igor, que estava no bando de reservas, por reclamação. Com um jogador a mais na quadra, a equipe de Cruz Alta criou várias oportunidades, mas não conseguiu furar o bloqueio dos líderes do campeonato. Kiko Gardin chegou a entrar como goleiro-linha, porém o placar permaneceu 4 a 3 para ASTF.
A boa notícia para a ACAF é que, ao mesmo tempo, a bola estava rolando para ASIF e Lagoense em Ibirubá. O time de Lagoa Vermelha chegou a sair na frente, mas levou a virada, acabou derrotada por 6 a 2 e não tem mais chances de retornar ao G-8 devido à folga na última rodada. A equipe de Cruz Alta tem pela frente um clássico regional contra a ASIF no próximo sábado (28), no Ginásio Municipal. Os desfalques serão Sig e Kiko Gardin, suspensos, mas Canca contará com o retorno de Alan Jr. Se a competição terminasse hoje, a ACAF enfrentaria a ASTF no mata-mata, mas também há a probabilidade do adversário ser o América de Tapera. Para isso, os taperenses devem vencer o duelo contra o time de Teutônia. Outra hipótese é que a ACAF supere a ASIF, o Arsenal perca para a ACLE e uma diferença de saldo de seis gols seja revertida sobre a equipe de Não-Me-Toque. Os ingressos para ACAF e ASIF serão vendidos na ACAF Sport Store e na Esportiva Calçados ao valor de R$ 5,00. Na hora do jogo, a entrada custará R$ 10,00.
Fonte: Assessoria de Imprensa – ACAF